XIV Capítulo Geral teve lugar em Oeiras

Realizou-se no passado sábado, dia 7 de julho, no auditório da Templo da Poesia no Parque dos Poetas, em Oeiras, o XIV CAPÍTULO GERAL da Confraria dos Enófilos do Vinho de Carcavelos onde foi prestada uma justa e emotiva homenagem ao Dr. Vasco Avillez, um Homem que dedicou quase 50 anos da sua vida ao mundo do vinho e da vinha e a quem o vinho de Carcavelos tanto deve. Assim, deliberou a Confraria atribuir-lhe o Prémio Meritum Causae, “o mérito da causa”. Foram depois entronizados 9 Confrades de Mérito e 9 Confrades-Irmãos, a saber:

CONFRADES DE MÉRITO

  • Casa Manoel Boullosa I Quinta dos Pesos I Vinho Generoso
  • Colegiada de Nossa Senhora d’ Anunciação da Lourinhã
  • Colégio Militar
  • Federação das Confrarias Báquicas de Portugal
  • Maestro José Manuel Nogueira
  • Lourinius I Pastelaria de Fabrico Próprio na Lourinhã
  • Maestro Nicolay Lalov
  • Sociedade Recreativa e Musical de Carcavelos
  • União das Freguesias de Carcavelos e Parede

CONFRADES IRMÃOS

  • Carlos Alberto Agra
  • José Ferreira de Matos
  • Domingos Leitão
  • Pedro Patacho
  • Pedro Santos
  • Romeu Oliveira
  • Teresa Zambujo
  • Tiago Roquette Monte Pereira
  • Vítor Pinho

 

A cerimónia contou com a presença da representante da Câmara Municipal de Oeiras, a Vereadora Joana Baptista e com a presença do Sr. Presidente da União Freguesias Carcavelos e Parede, bem como dos representantes das seguintes entidades: CEUCO (Conselho Europeu de Confrarias Enogastronómicas) Portugal, Federação das Confrarias Báquicas de Portugal e Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas. estiveram também presentes neste Capítulo Geral, uma vintena de Confrarias, uma delas vinda da Galiza.

  • Confraria da Lampreia de Penacova
  • Colegiada Nª Sra. da Anunciação da Lourinhã
  • Confraria do Arinto de Bucelas
  • Confraria da Pastinaca (Cherovia) e do Pastel de Molho da Covilhã
  • Confraria dos Enófilos do Alentejo
  • Cofradia do Serenissimo Albariño
  • Confraria da Gastronomia Macaense
  • Confraria Gastronómica da Amadora
  • Confraria dos Rojões da Bairrada
  • Confraria dos Vinhos de Transmontanos
  • Confraria das Almas Santas da Areosa e do Leitão
  • Confraria Nabos e Companhia
  • Confraria do Atum I Vila Real de Sto. António
  • Confraria da Marmelada de Odivelas
  • Confraria da Sopa do Vidreiro
  • Confraria dos Sabores de Coimbra
  • Confraria Gastronómica “O Moliceiro”
  • Confraria do Queijo de Rabaçal
  • Confraria dos Sabores e Saberes do Lousal
  • Confraria dos Gastrónomos do Algarve

No decorrer do Capítulo foi apresentado pelo Comandante TAP António Costa Pereira – Confrade-Irmão da Confraria do Vinho de Carcavelos – um resumo do Movimento ao qual tem dedicado grande parte do seu tempo e que se designa por “ZERO DESPERDÍCIO” . O principal objetivo deste generoso e solidário movimento, é promover o aproveitamento de todos os bens alimentares confeccionados sobrantes, distribuindo-os por pessoas com carências alimentares, em condições controladas de higiene e segurança alimentar, evitando assim o desperdício. Depois de validada a fase piloto em 2014, a iniciativa foi reconhecida pela FAO como uma boa prática a replicar globalmente, tendo iniciado entretanto a fase de scaling-up com o financiamento e participação de diversas entidades designadamente autarquias como a Câmara Municipal de Lisboa e outras. Também a Fundação Calouste Gulbenkian se associou ao Movimento Zero Desperdício que tem agora, em 2018, aproximadamente 200 entidades doadoras e 80 entidades receptoras, sendo mais de 7 mil os beneficiários diretos da iniciativa. Um fantástico exemplo de CIDADANIA!

Após o Capítulo propriamente dito, todas as confrarias se dirigiram num cortejo até anfiteatro Almeida Garrett, também no Parque dos Poetas para fazerem a tradicional foto-família e de seguida à gruta de Camões onde a Banda Filarmónica da Sociedade Recreativa e Musical de Carcavelos entoou o Hino da Confraria. No auditório havia já sido apresentada a versão do Hino do Carcavelos para orquestra clássica da autoria do Maestro Nicolay Sebastiano Lalov. Voltando ao percurso do cortejo, deve referir-se que, em determinado momento, surgiram das pétalas do magnífico Parque dos Poetas personagens como Florbela Espanca, Fernando Pessoa e Luís de Camões que conversaram e declamaram para os confrades. Uma agradável surpresa!

O almoço, com animação musical, decorreu na adega do Palácio Marquês de Pombal e, por volta das 16:00, a Confraria do Vinho de Carcavelos encerrou da melhor forma o Capítulo Geral entregando algumas lembranças – entre as quais uma amostra do famoso “Carcavelos” a todas as confrarias participantes, desejando-lhes um bom regresso a casa!

Galeria de imagens

Contacto