Roteiros do Património Concelhio de Cascais

Integrado no programa “Roteiros do Património Concelhio de Cascais” que a Câmara Municipal de Cascais tem vindo a desenvolver com enorme sucesso, realizou-se no passado Domingo, dia 24 de Fevereiro, no Centro Cultural de Cascais, uma saborosíssima caldeirada de peixe com uma receita centenária da autoria de Eduardo Frederico dos Santos (1868/1941) um bom amigo de El-Rei D. Carlos I de Bragança. De salientar a presença de familiares desta carismática figura que teve tanto de boémia como de empreendedora e até de “chef”.

Segundo o Dr. Mário Lisboa – que soube a todo o momento enquadrar este belíssimo acto de cariz eno-gastronómico – Eduardo Frederico dos Santos, “cascalense de adoção fazia confecionar o prato para os seus amigos, em sua casa, onde era frequente o rei Dom Carlos. De tal maneira era o seu sucesso que o próprio, brincando, se nomeou “Caldeireiro de Sua Majestade”.

A referida caldeirada foi devidamente acompanhada por vinhos históricos que integram a Rota dos Vinhos de Bucelas, Carcavelos e Colares, a saber: espumante e tranquilos de Bucelas – referências: Confraria e Quinta da Murta e vinho de Carcavelos referência Villa Oeiras (de 7 e de 15 anos).

Mário Lisboa  evocou ainda aos presentes, com muita mestria, valores patrimoniais variados a partir desta mesma caldeirada de peixe com mais de cem anos.

Sabendo-se quanto D. Carlos era amante de caça, que venha a seguir uma receita de perdizes ou de javalis!

Parabéns, por parte da Rota dos Vinhos de Bucelas, Carcavelos e Colares bem como da Confraria dos Enófilos do Vinho de Carcavelos – que esteve presente nesta iniciativa através dos confrades Maria de Lurdes Vaz e Manuel Machado – à Câmara Municipal de Cascais e em particular ao Dr. Mário Lisboa.

Contacto